ESPORTE
Henrique Avancini garante o top 8 na abertura da Copa do Mundo de Cross Country Olímpico

No Big Biker, Guilherme Muller fatura o título da etapa de Itanhandu (MG), que teve ainda Mario Veríssimo e Rubinho Valeriano no pódio. Já em Brejetuba (ES), Lucas Borba foi o campeão da primeira etapa da Liga Capixaba de Downhill

Pódio por equipes na Copa do Mundo de XCO (Divulgação)

Atual oitavo colocado no ranking mundial da UCI (União Ciclística Internacional), o petropolitano Henrique Avancini (Cannondale Factory Racing XC) garantiu neste fim de semana mais um excelente resultado para o Brasil na Copa do Mundo UCI de MTB XCO, o Cross Country Olímpico. O atleta Shimano cruzou a linha de chegada da prova realizada em Stellenbosch, na África do Sul, na oitava colocação, e somou mais 110 pontos no ranking. Enquanto a prova masculina foi vencida pelo neo-zelandês Samuel Gaze, a feminina teve a dinamarquesa Annika Langvad no lugar mais alto do pódio.

Henrique Avancini pedala em Stellenbosch (Divulgação)

"Que alegria, honra e satisfação. Individualmente, obtive uma oitava colocação sólida e estou muito seguro de que é possível construir coisas ainda maiores daqui para frente. Além disso, fiquei mais do que feliz com meu primeiro pódio numa Copa do Mundo, com a vitória da minha equipe Cannondale Factory Racing. Vamos em frente, pela bike e pelo Brasil", comemorou o ciclista Henrique Avancini, que tem sua bike equipada com os componentes Shimano XTR Di2 de transmissão de marchas eletrônicas.

Big Biker - Itanhandu (MG) recebeu neste fim de semana a abertura do tradicional circuito Big Biker de Mountain Bike, prova com domínio dos atletas Shimano no pódio. Enquanto Guilherme Muller (Sense Factory Racing) garantiu o título da etapa, Mario Veríssimo (Squadra Oggi) e Rubinho Valeriano (Sense Factory Racing) terminaram no top 5, com a quarta e a quinta colocações, respectivamente. Bruno Lemes foi o vice-campeão e Halysson Ferreira ficou com o terceiro lugar.

Pódio da elite masculina no Big Biker (Divulgação) Pódio da Liga Capixaba de Downhill (Divulgação)

A disputa da pro contou com percurso de 94 km e altimetria acumulada de cerca de 1.700 metros. Guilherme Muller foi o campeão da elite com o tempo de 3h14min25, 1min53 à frente de Bruno Lemes. "Muito feliz pela vitória nesta prova de abertura do Big Biker. Foram quase 100 km percorridos, de um traçado bem duro, o que exigiu bastante estratégia para garantir a primeira colocação. Fiquei contente com o resultado e com as sensações que tive durante a corrida", comemorou Guilherme, ciclista que também conta com os componentes Shimano XTR Di2 em sua bike.

Luquinha em ação na Liga Capixaba (Divulgação)

Mario Veríssimo garantiu a quarta colocação em 3h23min21, seguido de Rubinho Valeriano, em 3h24min36. Também representantes do Shimano Sports Team, Kennedi Lago (Squadra Oggi) foi o nono colocado, em 3h30min26, enquanto seu companheiro de equipe, Luiz Eduardo Ferreira, o Du Marcondes, completou em quarto lugar na pro máster A, com o tempo de 3h34min11.

Liga Capixaba de Downhill - O catarinense Lucas Borba disputou a abertura da Liga Capixaba de Downhill, realizada em Brejetuba (ES), divisa com Minas Gerais. Após o título do Sul-Brasileiro e o vice da Descida das Escadas de Santos nos dois finais de semana anteriores, Luquinha confirmou a boa fase e venceu sua segunda competição na temporada. Campeão nas Escadarias de Santos (SP), Gabriel Giovaninni foi o segundo colocado na Liga Capixaba. "Feliz com a vitória aqui em Brejetuba. A prova foi legal demais, em uma pista bem bacana. A chuva que veio deixou o percurso ainda mais desafiador", contou Luquinha. "Agradeço a organização pelo convite, estão de parabéns pela corrida", concluiu.


CONTEÚDO EXCLUSIVO P/ ASSINANTES
Digite seu login e senha e faça seu download

Login:   Senha:  
 

 

 

 

 

 

 

 
1997-2018 Editora Quatro Estações - Todos os Direitos Reservados